loading…

FOCUSSOCIAL

FOCUSSOCIAL versão on-line

“É urgente mudar as políticas sociais.
Algumas, para se ajustarem cada vez mais e mais rápido a uma sociedade em permanente mutação, mas que se quer mais inclusiva, mais para todos e para todas as idades.”

Quando fizemos o número zero, versão papel, da FOCUSSOCIAL, editada em Dezembro de 2010, não imaginávamos, ainda, que haveria de haver uma versão online. Está aqui, finalmente! E, desta forma, chegamos mais longe e a mais pessoas.

Desde então, continuamos a trabalhar, em condições difíceis, mas não tão difíceis que nos desmotivem. Antes pelo contrário! E continuaremos a trabalhar para que este projeto editorial se torne uma realidade, cumprindo a sua função de informar, com independência e atualidade. As palavras de incentivo que nos chegaram, sobre esse distante e tão próximo número zero, foram muito importantes. Vieram de pessoas que não deixaram de nos manifestar a sua opinião, mas também de organizações da Economia Social.
Ao ler o editorial desse número zero, damos conta da sua inquietante atualidade e de que o sentimento de urgência na mudança não se esbateu. Muito pelo contrário, intensificou-se.
A Europa, mais do que nunca, tem de mudar, de rever modelos e paradigmas, de se deixar de eurocentrismos. É urgente mudar as políticas sociais. Algumas, para se ajustarem cada vez mais e mais rápido a uma sociedade em permanente mutação, mas que se quer mais inclusiva, mais para todos e para todas as idades.
A Europa Social, está visto, precisa mudar de estratégia, de rumo e, enquanto muda, precisa de dar respostas. 
 
Agradecemos a todos que contribuíram direta e indiretamente para chegarmos até aqui. Estamos a trabalhar com os alunos dos cursos de Ciências da Comunicação do nosso país, graças a parcerias com diferentes universidades portuguesas. Em breve, teremos mais para contar.
De resto, contamos com o vosso parecer, o vosso olhar crítico e construtivo para continuarmos a melhorar. A nossa FOCUSSOCIAL também é vossa. E estamos em modo “work in progress”, por isso, contamos convosco para a ir editando.

Enviar por email