loading…

FOCUSSOCIAL

Portugal Inovação Social divulga adesão positiva

Um total de 11,5 M€ investidos em 38 projetos de inovação social em Portugal com o objetivo de desenvolver novas respostas a problemas sociais, tais como a exclusão social, o desemprego ou o desperdício alimentar, entre outros

A iniciativa Portugal Inovação Social divulgou os resultados positivos que tem alcançado no âmbito de três instrumentos de financiamento que, sob sua gestão, visam apoiar projetos de inovação social em Portugal, nomeadamente Capacitação para o Investimento Social, Parcerias para o Impacto e Títulos de Impacto Social.

Terminado o primeiro período de candidaturas ao instrumento de financiamento “Capacitação para o Investimento Social”, que se propõe financiar o desenvolvimento de competências de gestão das equipas envolvidas em projetos de inovação social, é já possível realizar um primeiro balanço: foram submetidas 168 candidaturas, correspondendo a 7,85M € de necessidades de financiamento, com 81 candidaturas a Norte, 72 no Centro e 15 no Alentejo. Após a atual análise das candidaturas serão divulgados quais os projetos apoiados.
Por sua vez, os outros dois instrumentos de financiamento geridos pela Portugal Inovação Social, “Parcerias para o Impacto” e “Títulos de Impacto Social” concluíram já o seu primeiro período de candidaturas e aprovações.
No total são 11,5 M€ que vão ser investidos em 38 projetos de inovação social em Portugal com o objetivo de desenvolver novas respostas a problemas sociais, tais como a exclusão social, o desemprego ou o desperdício alimentar, entre muitos outros.

Deste montante total 8,5 M€ são assegurados por fundos europeus através do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (PO ISE), e 3 M€ são assegurados por investidores sociais.

Destes projetos de inovação social, 35 vão ser financiados através do instrumento “Parcerias para o Impacto”, que apoia o desenvolvimento de projetos de inovação e empreendedorismo social, financiando 70% do projeto, sendo o restante assegurado por Investidores Sociais. Assim, num total de 10 M€ para apoiar estes 35 projetos, 7 M€ são assegurados por fundos europeus e os restantes 3 M€ assegurados por investidores sociais.

Os 3 projetos restantes serão financiados através do instrumento “Títulos de Impacto Social”, no âmbito do qual, numa lógica de pagamento por resultados, são apoiados projetos de inovação social alinhados com prioridades de política pública. Neste caso, os Investidores Sociais financiam o projeto, sendo integralmente reembolsados se os resultados sociais previamente contratualizados forem alcançados.

São estes os dados revelados pela Portugal Inovação Social, a iniciativa pública nacional, pioneira na Europa, que tem como objetivo promover a inovação e o empreendedorismo social em Portugal através da mobilização de Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, no âmbito do Portugal 2020.

Entre os 38 projetos que agora recebem financiamento da UE, estão a ser desenvolvidas respostas inovadoras a problemas sociais, entre as quais se destacam: a inclusão social de reclusos através da sua participação no processo de criação de uma ópera e da gestão de um novo espaço dentro da prisão, dedicado às artes performativas; o apoio, o acompanhamento e a realização de sonhos de crianças em estado de saúde grave por jovens universitários; o investimento numa nova metodologia para combater ao autismo com vista a reduzir radicalmente a incidência do autismo em Portugal; a promoção de competências digitais nos jovens de forma a combater o abandono escolar e promover a sua empregabilidade; o desenvolvimento de um modelo integrado de apoio ao idoso que pode ser controlado remotamente; ou ainda a promoção da inclusão social dos daltónicos, entre outras.

Portugal vai ainda receber, nos próximos dias 27 e 28 de novembro, a Conferência Europeia de Inovação Social, organizada pela Comissão Europeia, na pessoa dos comissários Carlos Moedas e Marianne Thyssen, em estreita colaboração com o Governo, na figura da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel leitão Marques, e com a Fundação Calouste Gulbenkian. Neste evento, marcarão presença alguns dos principais atores da inovação social a nível europeu e nacional, nomeadamente representantes de governos e administrações públicas, startups sociais, ONGs, IPSS, universidades, Fundações e Misericórdias.

 + info: www.inovacaosocial.portugal2020.pt/

Enviar por email