loading…

FOCUSSOCIAL

Fundação AFID Diferença vence 1ª Edição da Gala do Selo da Diversidade

Selo da Diversidade promove boas práticas de inclusão e diversidade nas organizações 

A Fundação AFID Diferença foi uma das vencedoras da primeira edição da Gala do Selo da Diversidade, prémio instituído pela Carta Portuguesa para a Diversidade, que aconteceu no passado dia 11, na Fábrica da Pólvora.

A Fundação AFID Diferença foi a única organização a candidatar-se a cinco categorias tendo vencido na categoria Comunicação da Carta e dos Seus Princípios com o projeto DIVERSID’ARTE e ainda recebendo duas menções honrosas. 

A obtenção deste prémio a Fundação AFID Diferença demonstra que a Comunicação dos princípios da Diversidade é um tema de todos/as e para todos/as, ao mesmo tempo que realça uma das áreas mais importantes da nossa casa as “Artes Plásticas,” afirma Domingos Rosa, Presidente do Conselho Executivo da Fundação AFID Diferença

Fundação AFIDl

O Selo da Diversidade foi criado pela Carta Portuguesa para a Diversidade para premiar práticas inspiradoras de diversidade e inclusão dentro das organizações.

Apenas podiam candidatar-se ao Selo organizações signatárias da Carta Portuguesa para a Diversidade, nas categorias de compromisso da gestão de topo e de outros níveis hierárquicos; a cultura organizacional; recrutamento, seleção e práticas de gestão de pessoas; desenvolvimento profissional e progressão na carreira; comunicação da carta e dos princípios; e condições e trabalho e acessibilidades.

Entre as vencedoras do Selo da Diversidade estiveram a EDP, que venceu o selo da Diversidade na 4ª categoria e duas menções honrosas na 3ª e 6ª categoria. A Ericsson vencedora na 1ª categoria e com uma menção honrosa na 6ª categoria. BNP Paribas que obteve o selo da Diversidade na 2ª categoria; A Câmara Municipal de Lisboa que venceu a 6ª categoria do selo e o a L’Oreal com uma menção honrosa na 6ª categoria.

Ao todo, a Comissão Executiva da Carta Portuguesa para a Diversidade recebeu 29 candidaturas ao Selo da Diversidade, de 16 organizações diferentes. A Carta Portuguesa para a Diversidade conta atualmente com 193 organizações signatárias.  A Comissão Executiva é composta pelo Alto Comissariado para as Migrações, Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Instituto Nacional para a Reabilitação, GRACE, Fundação Aga Khan e pelo ISCTE-IUL.

Recorde-se que a primeira edição do Selo da Diversidade foi lançada no passado dia 22 de maio, no primeiro Fórum Nacional para a Diversidade, que decorreu no ISCTE-IUL, em Lisboa.

Enviar por email