loading…

FOCUSSOCIAL

Fernanda Freitas

Embaixadora do Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações

(...) Há um texto que eu sempre adorei; "Morre lentamente" ou "A morte lenta" – um poema atribuído a Pablo Neruda mas que é afinal da autora brasileira Martha Medeiros* .?Independentemente da autoria, o texto debruça-se sobre o facto de que "… estar vivo exige um feito muito maior do que o simples ato de respirar" e dá conta de várias ações que nos levam a "morrer lentamente". Tomei a liberdade de adaptar esse texto ao tema do envelhecimento ativo… Espero que a Martha Medeiros goste.

Envelhece ativamente quem se nunca se transforma em escravo dos hábitos, e por isso não repete todos os dias os mesmos trajetos, muda de marcas, arrisca vestir uma nova cor ou conversa com quem não conhece mesmo que seja online?

Envelhece ativamente quem nao evita uma paixão, quem prefere redemoinhos de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.?

Envelhece ativamente quem "vira a mesa" quando está infeliz com o seu trabalho, quem arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem se permite, pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.?

Envelhece ativamente quem viaja, quem lê, quem ouve música, quem se ri de si mesmo.?

Envelhece ativamente quem nao passa os dias a queixar-se da sua má sorte ou da chuva incessante.

?Envelhece ativamente quem sonha com um projeto antes de iniciá-lo, quem faz perguntas sobre um assunto que desconhece e quem responde quando os mais novos indagam sobre algo que sabe.?

Durante o Ano Europeu do Voluntariado segui a máxima: "quem quer fazer arranja maneira; quem não quer, arranja desculpas".?

E já decidi quais vão ser as minhas frases ( Freitas….) para este 2012: nascemos sem pedir, morremos sem querer. Aproveitemos, ativamente e bem, o intervalo.??

(Excerto de uma crónica publicada na LuxWoman/Maio 2012)
*esclarecimentos em www.fundacionneruda.org

 

E para si, o que significa envelhecer. E solidariedade entre gerações?

Independentemente da sua idade, envie-nos o seu testemunho [devidamente identificado, com nome, morada, data de nascimento, profissão, telefone e e-mail] para redacao@focussocial.eu ou, se preferir, para a nossa morada que encontra na ficha técnica.

 

Enviar por email